4 exames que todo praticante de esportes deve fazer - Laboratório Verner Willrich

Por: - Farmacêutica Bioquímica - CRF-SC 3380
Publicado em 22/03/2019 - Atualizado 04/04/2019

4 exames que todo praticante de esportes deve fazer

4 exames que todo praticante de esportes deve fazer

Todo praticante de esportes deve monitorar a saúde antes de iniciar uma rotina de exercícios físicos. Seja para aprimorar sua performance ou apenas para se divertir com seu esporte favorito, realizar um check-up é fundamental para verificar se o corpo está apto a praticar atividades físicas sem nenhuma restrição.

As análises clínicas visam identificar as condições de órgãos que são sobrecarregados durante a prática de esportes, como o coração, os rins e o fígado. Mas quais são os exames básicos que compõem o check-up esportivo? Confira, a seguir!

4 exames que todo praticante de esportes deve fazer

O check-up esportivo é destinado para qualquer pessoa que deseja dar início às atividades físicas. Voltado para analisar a saúde integral do praticante de esportes, esse conjunto de testes laboratoriais é fundamental para que não haja problemas quando uma rotina de exercícios é inserida em um estilo de vida sedentário. Os exames clínicos também são indicados para aqueles que já praticam um esporte e desejam monitorar a evolução da sua saúde e, consequentemente, do seu rendimento esportivo.

Conheça os exames mais comuns e saiba qual a importância de cada um para o praticante desportivo.

1. Hemograma

O hemograma é o exame mais básico para analisar as funções corporais. Embora seja um teste simples, o hemograma completo avalia os grupos de células principais do sangue: hemácias, leucócitos e plaquetas.

Este exame é importante para checar níveis da hemoglobina, que está associada a anemias e leucopenia, condição em que as células de defesa do sangue estão baixas. O exame ainda pode diagnosticar, por exemplo, a anemia do atleta que afeta o desempenho dos praticantes de esporte.

2. Exames gerais da função renal

Para verificar a função renal, será fundamental medir as taxas de creatinina no sangue, que possibilita verificar a substância produzida pelos rins, responsável pelo funcionamento saudável do órgão.

Além disso, o exame de urina I é capaz de analisar o estado de saúde dos rins e assim, prevenir as doenças renais, comuns entre os atletas que fazem exercícios aeróbicos intensos, como maratonas e triathlon.

3.Exames gerais do fígado

O fígado é um órgão muito exigido na prática esportiva. Ele é responsável pela liberação de glicose, metabolismo e síntese das proteínas, emulsificação de gordura, destruição das células sanguíneas desgastadas e bactérias, entre outras funções. Assim, os exames de sangue mais comuns para checar as funções hepáticas são:

  • albumina (Alb);
  • alanina transaminase (ALT);
  • aspartato transaminase (AST);
  • fosfatase alcalina (FAL ou ALP);
  • bilirrubina total (TBIL);
  • gama glutamil transpeptidase ou gama-GT (GGT).

4.Testes para avaliação cardiológica

O coração e os pulmões são os órgãos mais exigidos durante a atividade física, especialmente nos exercícios aeróbicos, seja em pequenas caminhadas ou em competições. Dentre os inúmeros exames para monitorar a saúde do coração, destacam-se os gerais:

 

  • homocisteína
  • apolipoproteína A e B
  • colesterol HDL  e LDL

 

Entretanto, vale ressaltar que caso haja histórico de doenças cardíacas na família, pode ser necessário realizar outros exames complementares, conforme orientação médica.

Também é importante reforçar que a prática de atividade física sem acompanhamento pode trazer problemas, ao invés de ajudar.

Exercite-se sob orientação profissional

Movimentar o corpo regularmente com atividades físicas pode trazer benefícios muito significativos para a saúde.

O sistema respiratório, cardiovascular e imunológico tendem a melhorar, ao mesmo tempo em que o risco de inúmeras doenças podem ser amenizados, como diabetes e hipertensão, pressão alta, osteoporose, além de sobrepeso e obesidade. A prática regular de exercícios físicos também gera benefícios psicológicos, promovendo maior sensação de bem-estar e melhora da autoestima.

Entretanto, o início da atividade física deve ser estimulado e acompanhado por um treinador especializado. Assim, o treinamento pode ser melhor direcionado para os seus objetivos, além de prevenir lesões, já que o profissional verificará se o exercício está sendo feito corretamente.

Além disso, é muito importante visitar alguns especialistas antes de iniciar um esporte, como um endocrinologista, um nutricionista e até mesmo um cardiologista, caso haja antecedente familiar de riscos para doenças cardíacas.

Agora que você sabe a importância de realizar exames antes da prática de esportes, faça o agendamento on-line do seu Check-Up esportivo do LabVW.

Material escrito por:
Farmacêutica Bioquímica - CRF-SC 3380

Adriana Helena Sedrez é farmacêutica bioquímica especialista em Microbiologia Clínica pela PUC-PR. Na LabVW, Adriana coordena o setor de Hematologia Clínica, é gerente de Recursos Humanos e responsável pelo Atendimento ao Cliente.