Hepatites virais: saiba como se prevenir - Laboratório Verner Willrich


Publicado em 29/10/2020

Hepatites virais: saiba como se prevenir

Hepatites virais: saiba como se prevenir

As hepatites virais são a causa de cerca de 1,4 milhões de mortes do mundo inteiro. No Brasil, há muitos anos se tornou um grave problema de saúde pública. Essas doenças são infecções que atingem o fígado, podendo causar desde leves alterações até estágios mais graves. Como se trata de doenças silenciosas, que não apresentam sintomas nos primeiros anos de transmissão, acabam ficando ainda mais difíceis de ser detectadas, o que aumentam as chances de contágio.  

 Neste artigo, te mostraremos o que é a hepatite viral e como se prevenir dela. Continue lendo:  

Saiba o que é hepatite viral  

Em primeiro lugar, você precisa entender um pouco sobre como funciona o fígado.  Ele possui diversas funções, entre elas a produção da bile, que ajuda a digerir gorduras; atua na defesa contra agentes patogênicos e ajuda a desintoxicar o organismo. No entanto, os problemas que acontecem no fígado causam um grande desequilíbrio em nosso organismo, trazendo uma taxa elevada de fatalidades e que preocupa demais o nosso setor da saúde.  

 As hepatites virais são inflamações causadas pelos vírus HAV, HBV, HCV, HDV, delta-vírus e HVE. Elas são as doenças mais comuns no fígado, embora apresentem sintomas muito semelhantes. Como são infecciosas e causadas por vírus, podem ser transmitidas para outras pessoas muito facilmente através de fluidos corporais. Logo, as maneiras mais comuns de contágio são drogas injetáveis, instrumentos cirúrgicos não esterilizados e por meio da relação sexual sem preservativo. Conheça agora quais são os sintomas das hepatites virais. 

 Principais sintomas da hepatite viral 

  • Febre 
  • Fraqueza 
  • Mal-estar 
  • Dor abdominal 
  • Enjôo 
  • Vômitos 
  • Perda de apetite 
  • Urina escura 
  • Icterícia (olhos e pele amarelados) 

 Como funciona o diagnóstico e tratamento? 

No Brasil, as hepatites A, B e C são as mais comuns. As infecções de tipo B e C podem se tornar crônicas, embora nem sempre apresentam sintomas: a hepatite viral pode ser uma doença silenciosa que evolua por décadas sem o conhecimento do portador.  Dessa forma, o avanço da infecção prejudica o fígado e pode causar fibrose avançada ou cirrose, e assim levar ao desenvolvimento de câncer. 

A hepatite B não possui cura, porém, existe uma vacina contra essa infecção que é ofertada de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde. Enquanto isso, a hepatite C não tem vacina, mas existem medicamentos para combater a doença. 

 Como se prevenir da hepatite viral 

  • De maneira alguma compartilhe objetos que possam estar sujos de sangue, como seringas e agulhas; 
  • Também não compartilhe objetos de uso pessoal, como lâminas de barbear e de se depilar, além de acessórios de manicure, como alicates, lixas, espátulas e tesouras; 
  • Use preservativos nas suas relações sexuais; 
  • Não tome banho em riachos que estejam perto de esgotos à céu aberto; 
  • Lave bem as mãos com frequência e, se possível, utilize álcool em gel após sair do banheiro e antes das refeições; 
  • Lave e cozinhe bem os alimentos; 
  • Vacine-se 

 Ajuda e exames 

Afinal, existe vários exames para detectar as hepatites, com técnicas muito específicas e sensíveis como é o caso do PCR para Hepatites virais, além dos testes sorológicos. Contudo, é imprescindível manter os exames em dia – pelo menos fazê-los a cada 6 meses. No entanto, nós aconselhamos você a fazer um exame de sangue mais completo e que possa detectar outros tipos de doenças semelhantes. Vale lembrar que a consulta médica também se torna necessária, ainda mais se você sentir persistência de algum sintoma. Cuidar-se é sempre um ato de amor com você mesmo(a).  

 Este foi o nosso artigo sobre como se prevenir das hepatites virais. Ficou com alguma dúvida sobre os exames que podem ser feitos? Entre em contato com a gente que te explicamos mais. Fique também de olho em nosso blog para mais conteúdos como este. Até a próxima!  

 

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.