O que os exames laboratoriais de sangue, urina e fezes investigam - Laboratório Verner Willrich

Por: - Farmacêutica Bioquímica - CRF-SC 3380
Publicado em 14/12/2018 - Atualizado 04/04/2019

O que os exames laboratoriais de sangue, urina e fezes investigam

O que os exames laboratoriais de sangue, urina e fezes investigam

Os exames laboratoriais são essenciais para basear a decisão dos profissionais da saúde na investigação sobre o funcionamento do organismo, no diagnóstico de doenças e indicação dos melhores tratamentos, com base nos dados individuais de cada paciente.

Por isso, é muito importante realizar check-ups anuais de procedimentos laboratoriais. Eles colaboram para verificar se existem alterações no organismo, que necessitam ser analisadas por um médico ou nutricionista, por exemplo.

Neste artigo, destacamos a importância dos três principais exames laboratoriais: o exame de sangue, o exame de fezes e o exame de urina. Saiba o que esses testes identificam e como seus resultados podem influenciar a sua saúde.

Quais são os exames laboratoriais mais comuns? Para que servem?

Embora sejam bastante comuns, os exames mais comuns para análise clínica podem auxiliar na investigação de uma série de doenças e problemas de saúde. Vejamos um pouco mais sobre cada um deles:

Exame de sangue

O exame de sangue é realizado pela coleta de uma pequena amostra feita em laboratório. Dessa forma, a análise do sangue é capaz de detectar uma série de doenças que acometem o organismo.

Por isso, esse teste se divide em algumas finalidades para a análise de diversas funções do organismo. Assim sendo, o exame de sangue pode verificar:

  • hemograma: verifica a quantidade de células sanguíneas no corpo, como hemácias, leucócitos e plaquetas;
  • colesterol: verifica os valores de colesterol HDL, VLDL e LDL que pode identificar aterosclerose;
  • cálcio, potássio, sódio e fósforo: identifica esses minerais no organismo e analisa o funcionamento das células do fígado, podendo apontar quadros de hepatite;
  • ácido úrico: identifica doenças como gota e cálculos renais;
  • glicose: verifica a quantidade de glicose no sangue, podendo identificar a diabetes;
  • creatinina e ureia: as substâncias são capazes de analisar o funcionamento dos rins;
  • albumina: proteína que identifica problemas no sangue, como a cirrose;
  • T4 livre e TSH: verificam o funcionamento da tireoide e identificam o hipertireoidismo e o hipotireoidismo.

Exame de urina

A urina contém uma série de substâncias invisíveis a olho nu. Importante salientar que, não é preciso sentir algum desconforto para que a urina sinalize algum problema. A presença de sangue na urina, muitas vezes, só poderá ser verificada com precisão no laboratório, já que quantidades mínimas de sangue podem estar presentes embora não seja visto.

O líquido é capaz de carregar uma série de informações sobre o seu organismo, como as condições hormonais e o funcionamento de órgãos, além de identificar a presença de substância ilícitas.

Os exames de urina mais solicitados para análise são:

Urocultura

A urocultura detecta a infecção urinária pois é capaz de identificar a bactéria que está causando o processo infeccioso, assim como as suas colônias. Além disso, o teste de urocultura com antibiograma ainda pode apontar os antibióticos específicos que são resistentes à bactéria e que poderão ser indicados pelo médico.

Urina de 24 horas

Como o próprio nome diz, o exame de urina de 24 horas analisa os aspectos da urina no decorrer de um dia. Assim sendo, o indivíduo irá preencher todo um recipiente com a urina durante esse período, para depois levar a amostra para análise em laboratório.

Esse exame pode identificar alterações no organismo, sobre a perda de proteínas, a filtragem dos rins, doença dos túbulos renais e cálculos renais. Também é utilizado durante a gravidez para verificar se a gestante apresenta quadros de retenção de líquidos, hipertensão, perda de proteínas pela urina e a possibilidade de pré-eclâmpsia.

Urina tipo 1 ou Elementos anormais do sedimento (EAS)

Dá informações sobre a saúde de uma maneira geral, pois analisa o pH da urina e os elementos que podem estar interferindo no bom funcionamento do organismo.

Também verifica se há cristais, bactérias e fungos que, geralmente, avaliam as funções renais. O procedimento poderá ser feito em casa ou no laboratório.

Exame de fezes

O exame de fezes pode indicar uma série de problemas no organismo, como:

  • presença de bactérias, vírus e parasitas nas fezes;
  • distúrbios hepáticos;
  • sangramento gastrointestinal.

O resultado desse teste apresentará a presença de algum agente infeccioso, assim como auxiliará na decisão médica sobre quais medicamentos poderão combatê-lo.

exame de fezes deve ser colhido por uma amostra, pelo próprio indivíduo. É importante que as fezes não se misturem com a urina ou mesmo com o líquido do vaso sanitário, para que não hajam alterações no resultado.

Além disso, caso haja a saliência de muco ou sangue nas fezes, é importante também colher e mencionar ao entregar o exame para o laboratório.

Visite um médico regularmente

Como mencionado no início, os exames laboratoriais são de extrema importância para os profissionais da saúde tomarem suas decisões. Por isso, faça visitas regulares ao seu especialista de confiança, apenas ele poderá analisar corretamente os resultados em integração com o exame clínico.

E você, quando fez os exames laboratoriais pela última vez?

Conte com o LabVW para realizar seus exames na sua cidade.

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

Material escrito por:
Farmacêutica Bioquímica - CRF-SC 3380

Adriana Helena Sedrez é farmacêutica bioquímica especialista em Microbiologia Clínica pela PUC-PR. Na LabVW, Adriana coordena o setor de Hematologia Clínica, é gerente de Recursos Humanos e responsável pelo Atendimento ao Cliente.