Exercícios para fazer em casa e fortalecer a imunidade - Lab VW


Publicado em 26/06/2020

Veja alguns exercícios para fazer em casa e fortalecer a imunidade

Veja alguns exercícios para fazer em casa e fortalecer a imunidade

A atividade física sempre foi um fator essencial para manter o sistema imunológico lá em cima. Isso porque a circulação do nosso sangue faz com que as células imunológicas circulem para todo o nosso corpo – além de claro, aumentar o nível de serotonina, trazer a sensação de bem-estar e diminuir o estresse. Dessa forma, os exercícios promovem adaptações nos sistemas respiratório, cardiovascular, endócrino, digestivo e músculo-esquelético.

No entanto, a atividade física nunca se fez tão importante para a nossa rotina como agora. Com a pandemia do COVID-19, as pessoas precisaram ficar mais em casa e reeducar alguns hábitos de vida que antes não eram necessários. Com o distanciamento social e as consequências que o novo coronavírus trouxe, treinar em casa se tornou fundamental nessa época. Por isso, no artigo de hoje, separamos alguns exercícios para você fazer em casa e fortalecer a imunidade. Confira nossas indicações, afaste o sofá da sala e prepare o seu tapete.

HIIT

Uma ótima opção para você mexer a sua musculatura é o HIIT, que envolve exercícios de alta intensidade e curta duração, feitos em um curto período de tempo. Além disso, essa modalidade é aliada com o treino muscular. Veja como fazer:

  1. Faça agachamentos durante 20 segundos;
  2. Depois, descanse durante 10 segundos;
  3. Faça abdominais durante 20 segundos;
  4. Depois, descanse novamente por 10 segundos;
  5. Faça o Burpee (flexão com salto) por 20 segundos;

Corrida

Caso você tenha um pequeno espaço em casa, pode optar por correr sem sair do lugar. Isso mesmo: você fica por 40 segundos correndo, depois interrompa e respire durante 30 segundos para descansar. Você deve repetir esse exercício 10 vezes, ou até onde sentir que é o seu limite. Mas caso você tenha um espaço onde pode correr, como o quintal, garagem ou jardim, faça o mesmo procedimento, só que saindo do lugar.

Alongamentos

Os alongamentos são simples de fazer, porém muito necessários para ativar a circulação. Eles podem ser feitos em qualquer canto da casa – no quarto, na sala, na garagem, ou ainda ao ar livre, o que é ainda melhor. Alongue os braços, coluna, quadril, pescoço e pernas. Faça essa prática todos os dias, por cerca de 30 minutos.

Agachamento no banco

Esse tipo de exercício vai precisar de um banco para ser feito. Mantenha suas pernas na linha do seu quadril, enquanto os joelhos ficam sempre na direção das pontas dos pés. Contraia o abdômen e desça bem devagar, levando o quadril para trás até se sentar no banco. Depois, levante. Estes movimentos devem ser realizados em 2 segundos cada.

Alongamento em dupla

Esse exercício é para ser feito em dupla. Então se você tiver alguém em casa que possa te acompanhar, mãos à massa! Primeiro, pegue duas cadeiras e as posicione uma de frente para a outra. Sentem-se de mãos dadas, e uma pessoa de cada vez vai puxando a outra, colocando a atenção nas escápulas do corpo. Alterne a vez de cada um. Esse exercício ajuda na tensão dos pescoços e ombros.

Yoga

O yoga é uma prática para se conectar com o seu próprio corpo. Envolve muito mais que fazer alongamentos e contorções com o corpo: é uma filosofia bastante complexa e que busca trazer relaxamento e paz interior. Você pode encontrar aulas de yoga de forma gratuita no Youtube, por exemplo, e aprender essa prática do zero. Você só vai precisar de um tapete, um espaço na sala, e a vontade de se autoconhecer.

Dança

A dança também é considerada um exercício físico. Por isso, aproveite para descontrair nessa modalidade, escolher suas músicas favoritas, dar play e se jogar no ritmo. Crie uma playlist que expresse sua personalidade, arrume um lugar em que você se sinta confortável na sua casa, e espante suas preocupações e estresses com música e dança.

Essas foram algumas de nossas dicas de exercícios para fazer em casa e fortalecer a imunidade. Seja em época de pandemia do COVID-19, ou em outros momentos: sempre é bom se exercitar. Gostou desse conteúdo? Então fique de olho em nosso blog para mais artigos como este. Até a próxima!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.