Como doar sangue? Entenda tudo sobre o assunto

Por:
Publicado em 13/07/2022 - Atualizado 30/07/2022

Como doar sangue? Entenda tudo sobre o assunto

Como doar sangue? Entenda tudo sobre o assunto

Saber como doar sangue é algo de grande relevância, pois se trata de uma atividade solidária que permite ajudar outro indivíduo que necessita de sangue compatível, seja por deficiências no sistema imunológico, cardiovascular, doença, entre outros fatores.

O ato de doação é um gesto totalmente gratuito. Ou seja, você não doa para obter remuneração e o propósito é o de ajudar um terceiro.

Esta é justamente a parte mais fascinante da doação em si, um gesto realizado mesmo sem saber quem será o usuário final.

Você sabia que o dia 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue? Porém, é possível doar em qualquer época do ano. Entretanto, especialmente nesse dia, é uma excelente oportunidade para você fazer sua contribuição à sociedade, não é mesmo?

Continue lendo para saber como doar sangue e contribuir com a sociedade!

Entenda como doar sangue

O caminho para quem deseja saber como doar sangue é curto e simples. Quem nunca doou antes pode ficar tranquilo, pois o procedimento é indolor. 

Em primeiro lugar, é necessário procurar um Hemocentro ou dirigir-se a um centro de coleta de sangue, para saber se você apresenta os requisitos necessários.

O máximo de sangue retirado para uma pessoa adulta é de 450 ml. Além disso, os homens podem doar de 2 em 2 meses, enquanto as mulheres podem doar de 3 em 3 meses.

Como doar sangue: Quem pode doar?

Qualquer pessoa pode se dedicar à doação de sangue, basta ter mais de 16 anos e menos de 69, ter um organismo em perfeita saúde e atingir determinados critérios.

O doador deve demonstrar que pesa pelo menos 50 kg, pois um procedimento realizado em um indivíduo com menor massa corporal poderia levar a um rebaixamento do sistema imunológico.

Dessa forma, no ato é exigido documento de identificação e menores de idade precisam de consentimento formal dos pais.

Como doar sangue: Quem não pode fazer a doação?

Vale lembrar que você precisa estar em bom estado de saúde para doar sangue. Ou seja, se estiver com febre, gripe, diarreia ou alguma enfermidade será impedido temporariamente de doar sangue.

Pessoas que fizeram tatuagem nos últimos 12 meses também não podem doar. É o próprio governo quem estabelece os casos de impedimento para doação de sangue.

Cada doador deve demonstrar que não foi submetido a certas cirurgias em determinados prazos.

Por exemplo, quem passou por uma gestação precisa esperar 90 dias em caso de parto normal e 180 dias em caso de cesariana. Quem amamenta precisa esperar até 12 meses depois do parto.

Por sua vez, quem fez cirurgias para apendicite precisa esperar três meses. O mesmo vale para cirurgias de hérnia e varizes.

E, também, você não pode ter ingerido bebida alcóolica nas últimas 12 horas.

Como é o procedimento de doar sangue?

Agora que já vimos como doar sangue, é interessante entender o procedimento.

Uma doação de sangue total leva em média 40 minutos, incluindo o tempo de cadastro e exames.

Um médico ou enfermeiro coleta a amostra de sangue do doador, que fica deitado em uma poltrona. Antes disso, são feitos alguns exames de triagem e você não precisa apresentar exame de sangue para doar.

Após uma desinfecção completa da pele, a agulha é inserida em uma veia e o sangue é enviado do doador para a bolsa de coleta que está posicionada abaixo do doador.

É um procedimento controlado e seguro. Todas as agulhas são estéreis e são usadas ​​apenas uma vez. Além disso, o corpo do doador repõe quaisquer fluidos perdidos na doação em 24 horas.

É interessante lembrar que a doação pode ser ocasional ou periódica. Ou seja, você pode doar regularmente durante o ano ou apenas de forma pontual.

Por que doar sangue?

Existem diversos motivos para você contribuir com a doação de sangue. Nós, do LabVW, elencamos os principais:

Não há riscos

Talvez você ainda ainda não esteja decidido, não entenda tão bem a positividade do gesto ou simplesmente tenha medo de doar sangue.

Porém, não há motivos para se preocupar, uma vez que não há risco de contágio ou contração de uma infecção ao fazer a doação.

O material médico utilizado é totalmente estéril e descartável. Logo, o doador estará perfeitamente protegido  em todos os aspectos.

Salvar vidas

Cada ato de doação pode salvar vidas e traz benefícios a uma terceira pessoa que precisa de sangue para melhorar o funcionamento de seu organismo.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima a necessidade de 3% da população ser doadora de sangue, para que os centros de saúde consigam suprir suas demandas. E a única forma de atingir este número é pela doação humana espontânea.

No Brasil, menos de 2% da população doa de forma regular, segundo o Ministério da Saúde.

Por sua vez, existem inúmeras razões que justificam os motivos de uma doação, mesmo que a principal razão seja a vontade de ajudar os outros.

Em outras palavras, envolve:

  • Ajudar a salvar uma vida;
  • Ajudar pessoas com deficiências circulatórias ou com doenças relacionadas com o sangue;
  • Cooperar com indivíduos que tiveram complicações médicas após um acidente de trânsito;
  • Colaborar para os que necessitam de transfusões frequentes para transplantes e cirurgias;
  • Outros.

Procedimento simples

É preciso dizer que, além de realizar uma boa ação destinada a ajudar quem precisa, o ato em si leva apenas poucos minutos ao ter em mente o benefício que causará.

Cada amostra de sangue é analisada adequadamente pelo centro transfusional para evitar que o receptor obtenha sangue impróprio.

Não devemos pensar que só os outros podem precisar de sangue, qualquer um de nós pode necessitar de uma transfusão de sangue algum dia.

Seja um doador de sangue!

Todos os dias, milhares de pessoas necessitam de sangue por diversos motivos de saúde.

E o melhor de tudo é que você pode contribuir para tornar melhor a vida de quem necessita, não é mesmo?

Como doar sangue salva vidas, fazer o bem ao próximo apenas agrega valor e é um belo gesto de solidariedade.

Se tiver alguma dúvida de como funciona a doação, entre em contato com a equipe do LabVW. Teremos um grande prazer em ajudá-lo!

Lembre-se também de assinar a nossa newsletter, caso tenha interesse em receber mais conteúdos como este. Até a próxima!

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

    /** */