Saúde do idoso: exames necessários para evitar preocupações - Laboratório Verner Willrich

Por: - Farmacêutica Bioquímica - CRF-SC 3380
Publicado em 15/08/2018 - Atualizado 04/04/2019

Saúde do idoso: exames necessários para evitar preocupações

Saúde do idoso: exames necessários para evitar preocupações

Naturalmente, a saúde do idoso torna-se frágil com o decorrer do tempo, devido a uma série de fatores. Por isso, é muito importante que os cuidados sejam redobrados, para que o corpo esteja em sinal de alerta para doenças que possam vir a aparecer.

É fundamental que o idoso estabeleça uma boa comunicação com seu médico de confiança, visando realizar os check-ups prévios de prevenção e o que mais for solicitado pelo especialista. Nesse sentido, a tecnologia laboratorial tem sido cada vez mais benéfica, contribuindo para a identificação antecipada de problemas de saúde.

Exames fundamentais para a saúde do idoso

Os exames preventivos atuam diretamente na conquista de uma velhice saudável e maior longevidade. Isso é muito importante para que possíveis problemas sejam identificados ainda no início, colaborando com o tratamento e, consequentemente, não apresente um dano profundo à saúde.

Conhecer o perfil lipídico: colesterol, triglicerídeos, LDL e HDL

Um dos exames mais básicos é aquele destinado a conhecer o perfil lipídico do indivíduo, conferindo a normalidade dos níveis de colesterol, triglicerídeos, LDL e HDL. Assim, no teste, será verificada a formação de placas de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos. Dependendo dos resultados, é possível diagnosticar problemas de cardiopatia isquêmica e circulação, principalmente.

Pressão arterial e pressão ocular

É fundamental sempre aferir a pressão arterial para verificar possíveis condições de hipertensão. Da mesma forma, a pressão ocular também deve ser aferida junto a um oftalmologista, já que a seriedade de um glaucoma pode levar à cegueira, uma doença totalmente silenciosa.

Exames para a próstata

A recomendação médica é que os homens visitem um urologista anualmente, para que o câncer de próstata seja possível de prevenir. Por isso, existem três exames importantes para serem realizados, como o Antígeno Prostático Específico (PSA), ecografia do abdômen interior e o toque retal.

Geralmente, os homens encontram-se receosos em realizar esses exames, principalmente o de toque. No entanto, a importância desse procedimento é capaz de salvar vidas, já que o urologista sente as alterações na próstata que podem indicar algo errado, justamente na área periférica da próstata, onde o câncer se instala. Assim, uma biópsia poderá ser realizada o quanto antes a fim de evitar maiores complicações.

Exames para a saúde ginecológica

As mulheres devem se atentar à prevenção do câncer de colo de útero, por meio do exame preventivo Papanicolau. Assim, essa é a principal estratégia para identificar lesões precursoras do diagnóstico. O teste deve ser realizado anualmente e se os resultados estiverem normais, a próxima solicitação será necessária após três anos.

Da mesma forma, a mamografia também deverá ser realizada periodicamente, a fim de evitar o câncer de mama, juntamente com o autoexame, que detecta outras anomalias nos seios.

Exames específicos

De acordo com a avaliação médica, alguns exames específicos serão solicitados, segundo o histórico de saúde e sintomas que podem estar surgindo. Assim, os exames também podem ser em decorrência de alguns problemas, como:

  • varizes;
  • alterações cardiovasculares;
  • alterações no fígado;
  • alterações na tireoide;
  • osteoporose;

Além disso, pacientes idosos que sentem muita sede e emagrecem sem justificativa aparente, devem investigar as causas com a ajuda médica. Assim, esses sinais específicos serão importantes para compreender melhor o andamento da saúde do idoso. Dessa forma, diversos outros exames também estarão na lista solicitada pelo especialista, no intuito de solucionar os problemas específicos de cada paciente.

Fontes:

Ministério da Saúde

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.

    Material escrito por:
    Farmacêutica Bioquímica - CRF-SC 3380

    Adriana Helena Sedrez é farmacêutica bioquímica especialista em Microbiologia Clínica pela PUC-PR. Na LabVW, Adriana coordena o setor de Hematologia Clínica, é gerente de Recursos Humanos e responsável pelo Atendimento ao Cliente.