Principais sinais de problemas no fígado - Laboratório Verner Willrich


Publicado em 14/09/2020

Principais sinais de problemas no fígado

Principais sinais de problemas no fígado

Logo o fígado é um dos principais órgãos do nosso corpo. Ele é responsável por diversas funções, como a de metabolizar as proteínas e os carboidratos e também filtrar as toxinas que entram em nosso corpo. Se este órgão não estiver funcionando de maneira correta, de fato o organismo todo pode ficar comprometido.

Devido a essa importância, criamos este artigo para alertar aos principais sinais de problemas no fígado e quais exames você deve fazer após uma consulta médica. Continue lendo para saber mais:

Problemas no fígado: de onde surgem?  

Afinal, o fígado é o segundo maior órgão do nosso corpo e possui em média 1,5kg. Porém, as doenças que o acometem geralmente são silenciosas, com sintomas genéricos e que podem ser confundidos com outras doenças. Apesar de qualquer pessoa estar propensa a adquirir problemas no fígado, existe um grupo de risco recorrente. Pessoas que possuem sobrepeso, ou que não praticam atividades físicas, têm riscos maiores, pois o excesso de gordura é uma das principais causas de doenças neste órgão. Ainda mais, pessoas que ingerem uma grande quantidade de bebidas alcoólicas também estão propensas.

Sinais de problemas no fígado

Existem vários sinais que o corpo nos dá quando o fígado está sobrecarregado. Confira os principais:

  • Dores na região superior direita da barriga;
  • Mudança da cor da pele e dos olhos;
  • Maior facilidade de adquirir hematomas após pancadas leves;
  • Dores de cabeça frequentes;
  • Maior sensibilidade na pele (coceira e irritação);
  • Perda de apetite;
  • Enjoos frequentes;
  • Acúmulo de fluidos na cavidade abdominal;
  • Língua com presença de manchas brancas;
  • Mau hálito;
  • Urina com cor escura e cheiro mais forte;
  • Fezes de cor amarelada, esbranquiçada ou cinzenta;
  • Inchaço na barriga.

Quais exames fazer?

Portanto é extremamente importante que você procure um médico especializado caso tenha algum sintoma que possa estar relacionado ao fígado. A doença é sempre mais acessível de tratar quando está no começo. Além disso, é muito frequente os médicos solicitarem exames, pois dessa forma, podem diagnosticar com maior exatidão cada caso. Confira os principais:

  • Hemograma: é neste exame de sangue que são medidos os níveis de plaquetas, glóbulos vermelhos e glóbulos brancos. Ele mostra alterações que podem indicar alergias e infecções, por isso, acaba sendo um exame básico e fundamental para o estudo do caso.
  • Exame de imagem: o famoso Raio-X pode avaliar a estrutura e tamanho do fígado e também ajudar na identificação de possíveis cistos ou tumores, além de mostrar a passagem do sangue.
  • Exame de coagulação do sangue: como o fígado é responsável pela produção de proteínas que coagulam o sangue, esse exame torna-se primordial para indicar disfunções nesse órgão.
  • Exame de função hepática: esse exame já é mais específico, pois mede o nível de substâncias específicas no sangue que estão presentes na circulação sanguínea. Além disso, mostra também o funcionamento do fígado e pode detectar câncer.
  • Biópsia: quando o médico encontra alterações significativas no resultado dos exames bases, como o aumento da ALT, AST ou GGT, pode requisitar uma biópsia. Além disso, após a presença de cistos ou nódulos no fígado, também se pode recorrer ao exame.

Este foi o nosso artigo sobre os principais sinais de problemas no fígado que você deve se atentar e também quais exames você deve fazer. Lembrando que a consulta médica é imprescindível! Cuide-se, sempre.

 

    Inscreva-se em nossa newsletter

    Receba mais informações sobre cuidados para a saúde em seu e-mail.